As buscas para encontrar o turista alemão que desapareceu quinta-feira no mar do norte da Madeira foram interrompidas e serão retomadas no domingo de manhã, indicou a Capitania do Porto do Funchal, entidade responsável pela operação.

As buscas foram suspensas ao ocaso do sol, deve ser retomadas ao primeiros alvores de amanhã", refere a Capitania em comunicado, indicando, por outro lado, que a má visibilidade e as condições meteorológicas que se faziam sentir no local impediram as embarcações que participam na operação de se aproximar da costa.

O turista alemão, de 24 anos, encontrava-se acompanhado pelo irmão, quando caiu ao mar na zona do cais de São Jorge, concelho de Santana, e não conseguiu regressar a terra pelos próprios meios, pelo que está dado como desaparecido.

O irmão foi também arrastado por uma onda, mas foi resgatado com vida pelas equipas de socorro.

Para além de embarcações semirrígidas da Estação de Salvamento e do Sanas - Corpo Voluntário de Salvadores Náuticos e do Instituto de Socorros a Náufragos, participou nas buscas o navio ‘Auriga' da Marinha portuguesa.

No teatro de operações, estiveram também efetivos do Serviço Regional de Proteção Civil e da Polícia de Segurança Pública, que utilizaram dois ‘drones’ nas buscas, bem como elementos da Polícia Marítima e dos Bombeiros Voluntários de Santana.

/ AG