O corte de trânsito entre a Avenida Fontes Pereira de Melo, em Lisboa, e a rotunda do Marquês de Pombal, que tinha sido cortado por “questões de segurança”, foi entretanto reaberto. A PSP concluiu que o pacote suspeito não continha material explosivo.

Não se tratava de um objeto que contivesse qualquer produto explosivo”, afirmou o comissário Sérgio Soares no local.

O edifício da Conservatória do Registo Civil, na Avenida Fontes Pereira de Melo, em Lisboa, foi evacuado esta quinta-feira devido à presença de um pacote suspeito no edifício avançou a PSP à TVI. O alerta foi dado pouco depois das 15:00.

Os edifícios e estabelecimentos situados dentro do perímetro de segurança entre o Saldanha e a rotunda do Marquês de Pombal, em Lisboa, foram evacuados e encerrados, disse o porta-voz da PSP da capital.

A circulação automóvel foi cortada cerca das 15:30 entre o Saldanha e a Avenida António Augusto de Aguiar. 

De acordo com o comissário Sérgio Soares, em declarações aos jornalistas no local, além do edifício da Conservatória, foram também evacuados e encerrados estabelecimentos e edifícios dentro do perímetro estabelecido, “para cumprir o protocolo de segurança”.

Uma equipa de inativação de explosivos esteve dentro edifício da Conservatória a “avaliar a situação”, adiantou Sérgio Soares.

O alerta para a chegada de um pacote suspeito ao edifício foi dado pelas 14:00 por chamada telefónica através do 112 (número nacional de emergência).

Tomásia Sousa / Com Lusa/Notícia atualizada às 18:25