Uma mala abandonada nas imediações do Banco de Portugal e da estátua de João Gonçalves Zarco, no Funchal, lançou, este sábado, o pânico.

De acordo com Diário de Notícias da Madeira, tratou-se de um falso alarme, já que tudo não passou de um simulacro da PSP e que já foi finalizado.

O café Golden Gate foi evacuado e as ruas circundantes ao local onde se encontrava a mala foram encerradas.

A Lusa constatou no local que a mala considerada suspeita foi objeto de análise pela brigada de minas e armadilhas da Polícia de Segurança Pública (PSP), que não prestou declarações sobre o assunto.

Em ação estiveram vários elementos da polícia e a equipa cinotécnica, bem como elementos dos bombeiros Sapadores do Funchal.