Uma viatura caiu, esta segunda-feira, numa ravina na zona da Ponta de São Lourenço (Machico), na Madeira, com uma mulher no interior, disse à Lusa o capitão do porto do Funchal e Porto Santo.

Recebemos o alerta às 17:23 para a queda de uma viatura ligeira na Ponta de São Lourenço. No interior de viatura está uma mulher encarcerada”, disse à Lusa Guerreiro Cardoso, que também é o chefe do Departamento Marítimo da Madeira, cerca das 19:30, referindo que não existe informação confirmada sobre o estado da vítima.

Guerreiro Cardoso afirmou, na altura, que a viatura apenas tinha a mulher no seu interior e que não tinha ainda sido possível efetuar a operação de resgate.

Tentámos fazer a operação por mar, mas não foi possível chegar à vítima. Os bombeiros de Machico estão agora a avaliar a possibilidade de se tentar chegar à vítima por terra”, indicou, acrescentando que a viatura caiu de uma altura de cerca de 50 metros.

Segundo a mesma fonte, foi uma embarcação marítimo-turística que deu o alerta, depois de ver que a viatura tinha caído, não sendo ainda conhecidos os motivos da ocorrência.

No local estiveram elementos da Polícia Marítima, a embarcação salva-vidas do Instituto de Socorros a Náufragos, o SANAS - Corpo Voluntário de Salvadores Náuticos, os bombeiros de Machico e a PSP.

O corpo da mulher que estava na viatura foi recuperado, com o óbito a ser declarado no local, disse à Lusa fonte da capitania.

O resgate foi concluído cerca das 21:15 e confirmou-se o óbito da mulher que estava encarcerada na viatura. A operação foi efetuada pela equipa de grande ângulo dos bombeiros de Machico”, disse à Lusa Guerreiro Cardoso, capitão do porto do Funchal e Porto Santo e também chefe do Departamento Marítimo da Madeira.

O caso está a ser investigado pela PSP.