O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou, esta quinta-feira, sob aviso laranja os distritos do Porto, Viana do Castelo, Leiria, Aveiro, Coimbra e Braga devido à previsão de forte agitação marítima.

O aviso laranja vai estar em vigor entre as 15:00 de hoje e as 03:00 de sexta-feira nestes seis distritos, onde estão previstas “ondas de noroeste com altura significativa de cinco a seis metros, podendo a altura máxima atingir nove metros”, adianta o IPMA em comunicado.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou ainda sob aviso amarelo os distritos de Bragança, Viseu, Porto, Guarda, Vila Real, Viana do Castelo, Castelo Branco, Braga devido à previsão de queda de neve e vento forte.

Estão ainda sob aviso amarelo, entre as 15:00 de hoje e as 15:00 de sexta-feira, os distritos de Faro, Setúbal, Beja e Lisboa devido à agitação marítima.

O aviso laranja é o segundo mais grave e indica situação meteorológica de risco moderado a elevado, enquanto o aviso amarelo, o segundo menos grave, revela situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje nas regiões do Norte e Centro céu geralmente muito nublado e aguaceiros, por vezes intensos, de granizo e acompanhados de trovoada, em especial no litoral. As previsões apontam também para queda de neve acima de 1000/1200 metro.

O vento soprará moderado de oeste, soprando moderadoa forte no litoral, com rajadas até 75 km/h, e forte (40 a 55 km/h) com rajadas até 100 km/h nas terras altas, enfraquecendo para o final do dia.

Na região Sul são esperados períodos de céu muito nublado, tornando-se pouco nublado a partir do final da tarde, e aguaceiros, em geral fracos até meio da tarde, mais frequentes no Alentejo.

O vento estará moderado do quadrante oeste, soprando porvezes forte (até 40 km/h) e com rajadas até 60 km/h no litoral até meio da tarde, sendo forte com rajadas até70 km/h nas terras altas, enfraquecendo para o final do dia.

As temperaturas máximas previstas são de 19 graus Celsius em Faro, 18 em Sagres, 17 em Lisboa, 16 em Beja 15 no Porto e Viana do Castelo e 10 em Bragança.

 

Cinco barras marítimas fechadas à navegação

Cinco barras marítimas de Portugal continental estão, esta quinta-feira, fechadas à navegação e cinco estão condicionadas devido à agitação marítima forte, segundo a Autoridade Marítima Nacional.

De acordo com a Marinha, estão fechadas as barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Ericeira e S. Martinho do Porto.

As barras marítimas de Aveiro e do Douro estão condicionadas a embarcações de comprimento "fora a fora" inferior a 35 metros, enquanto as barras da Figueira da Foz e de Viana de Castelo estão condicionadas a barcos com comprimento inferior a 35 e 30 metros, respetivamente.

Segundo a Marinha, a barra de Lagos está condicionada a embarcações com calado superior a dois metros, que devem apenas praticar a barra com uma profundidade de água superior a meia maré.