A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve os três presumíveis autores de dois crimes de roubo à mão armada que ocorreram na semana passada na região, informou, esta terça-feira, aquele órgão de polícia criminal.

Em comunicado, a PJ esclarece que os detidos são suspeitos da autoria do roubo com arma de fogo a um minimercado na praia da Barra, em Ílhavo, e a uma pastelaria em Aveiro, ocorridos nos dias 18 e 20, respetivamente.

"Em ambas as situações lograram apoderar-se de quantias em dinheiro que se encontravam nas caixas registadoras", refere a mesma nota, adiantando que o trio é ainda suspeito do furto de uma viatura do interior de uma residência na Gafanha da Nazaré, no passado dia 15, que foi posteriormente incendiada.

De acordo com a PJ, aquando da abordagem, foi possível apreender aos suspeitos "a arma utilizada, de pressão de ar, mas em tudo idêntica a uma pistola de nove milímetros", bem como uma "elevada" quantidade de haxixe.

Os detidos foram presentes às competentes autoridades judiciais da Comarca de Aveiro, tendo-lhes sido aplicadas as medidas de coação de obrigação de apresentações periódicas às autoridades policiais da sua área de residência.

Na quinta-feira, em declarações à Lusa, fonte policial disse que o assalto à pastelaria ocorreu cerca das 17:00 e foi perpetrado por dois indivíduos, podendo haver um terceiro elemento que estava à espera dentro da viatura utilizada pelos assaltantes.

De acordo com a mesma fonte, os ladrões entraram no estabelecimento situado no lugar de Paço, em Esgueira, e ameaçaram os donos com uma arma de fogo, tendo fugido com cerca de 200 euros, que estavam na caixa registadora.