A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Lisboa encontrou, na tarde de quinta-feira, um cadáver em avançado estado de decomposição num apartamento na zona de Campolide.

Ao que a TVI conseguiu apurar, a vítima estava envolvida em mantas e cobertores e amarrada com cordas. 

O alerta foi dado pelo senhorio, que afirmou que não via este homem, de 56 anos, há algum tempo e estranhou o facto deste não ter pago a renda do mês de junho.

Os bombeiros foram chamados ao local e ao arrombar a porta do apartamento, depararam-se com um cadáver na despensa envolvido em mantas e cobertores e amarrado com cordas.

Dado o elevado estado de decomposição do corpo, que se estima que estivesse ali há um mês, ainda não se sabe se a vítima seria ou não o inquilino daquele apartamento.

O caso foi entregue à Polícia Judiciária e o cadáver – encontrado cerca das 17:00 - foi transportado para o Instituto de Medicina Legal, aguardando-se o desenrolar da investigação.