Um homem, de 45 anos, foi detido na terça-feira, em flagrante delito, pela suspeita do crime de incêndio florestal no concelho de Rio Maior, divulgou esta quarta-feira o Comando Territorial de Santarém da GNR.

Em comunicado, a GNR refere que no momento da sua detenção o homem tinha na sua posse um isqueiro, utilizado na ignição do incêndio.

No âmbito de uma denúncia a informar de que estaria a deflagrar um incêndio, os militares da Guarda deslocaram-se imediatamente para o local, encontrando o suspeito retido pelos Bombeiros Voluntários de Rio Maior", depois de ter sido "avistado por duas testemunhas a atear o incêndio", explica a nota da GNR.

Segundo a mesma nota, o homem será presente durante esta quarta-feira ao Tribunal Judicial de Santarém para a aplicação das respetivas medidas de coação.

/ JGR