O suspeito do atropelamento mortal junto ao Estádio da Luz na madrugada de sábado entregou-se esta quinta-feira à Polícia Judiciária e ficou detido por suspeita de homicídio simples.

Segundo apurou a TVI, o homem chama-se Luís Pina, tem 35 anos, é residente na Amadora e pertence à claque do Benfica No Name Boys. 

Fonte da Polícia Judiciária acrescentou à TVI que o homem se entregou na sede da PJ, em Lisboa, acompanhado do seu advogado. Esta sexta-feira, a partir das 14 horas, será ouvido em primeiro interrogatório judicial, por um juiz de instrução criminal.

O suspeito já tinha sido detido pela PSP por outros crimes. Estava referenciado, com antecedentes criminais como posse ilegal de armas, e identificado pelas autoridades.

Ao que a TVI apurou, a defesa alega que o atropelamento foi um acidente e que o homem agiu em legítima defesa.

Na terça-feira, a polícia já tinha encontrado o carro que terá atropelado mortalmente o adepto italiano na madrugada de sábado.

A viatura foi apreendida numa vivenda na Amadora e seguiu para análises.

Nesse mesmo dia, duas mulheres foram identificadas e levadas para interrogatório: a dona do carro e a proprietária da casa.

A Procuradoria-Geral da República já anunciou a abertura de um inquérito que corre termos no Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa.

Carolina Resende Matos / notícia atualizada às 18:38