Portugal registou, nesta terça-feira, mais 63 mortes e 1.032 novos casos de covid-19, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Entre as vítimas mortais está um jovem na faixa etária dos 20-29 anos.

Desde o início da pandemia, já morreram mais de 16.000 doentes dos quase 800.000 infetados.

O número de doentes internados voltou a baixar, depois de uma ligeira subida nos últimos dois dias, com menos 310 internamentos em enfermarias (há, ainda, 3.012) e menos 30 em cuidados intensivos (597). Desde 13 de janeiro, que as UCI não estavam abaixo dos 600 doentes.

Há, neste momento, 77.044 casos ativos no país, menos 3.598 que na segunda-feira. Há, também, menos 8.932 contactos em vigilância com as autoridades de saúde, para um total de 70.767, mantendo-se a tendência decrescente desde 30 de janeiro.

A região de Lisboa continua a ser a mais afetada, com 57,1% das mortes diárias (36) e 47,7% dos novos casos (493).

O número de doentes recuperados subiu para 705.976, com mais 4.567 altas nas últimas 24 horas. Há 23 dias consecutivos que este indicador supera o das novas infeções.

A covid-19 já causou 16.086 mortos dos 799.106 infetados.

De acordo, ainda, com a última atualização da DGS sobre a vacinação, foram já vacinados 694.297 utentes (444.730 com a primeira dose e 249.567 com a segunda).

Boletim da DGS - 23 de fevereiro by TVI24 on Scribd

Catarina Machado