O Tribunal de Vila do Conde decidiu absolver da acusação de homicídio por negligência um jovem que esteve envolvido num acidente de viação na Póvoa de Varzim, que resultou na morte de um sexagenário.

Em causa estava uma colisão ocorrida na véspera de Natal de 2016, na freguesia da Estela, na Póvoa de Varzim, que envolveu um veículo ligeiro e uma carrinha comercial, onde seguia a vítima mortal.

A sentença foi lida esta tarde no Juízo Local Criminal de Vila do Conde, sem a presença do arguido, absolvendo o jovem da acusação de homicídio negligência, entreposta pelo Ministério Público, que, ainda assim, poderá recorrer da decisão.

O acidente ocorreu em 24 de dezembro de 2016, quando sexagenário, natural da freguesia de Aguçadoura, se dirigia para casa, para a ceia de Natal, e ao entrar na Estrada Nacional 13, junto ao posto de combustível da Estela, acabou por ser intercetado por um veículo ligeiro, onde seguia o arguido.

O embate entre os dois veículos deu-se de forma violenta e apesar das tentativas de reanimação das equipas de socorro que acorreram ao local, o óbito do sexagenário foi declarado no local.

No veículo ligeiro, onde seguia o arguido hoje absolvido, viajavam mais duas pessoas, que, tal como o condutor, chegaram a ser transportadas para o Hospital da Póvoa de Varzim, mas apenas com ferimentos ligeiros.