A PSP deteve em Viseu, pelas 03:30 de quinta-feira passada, uma mulher e um homem, de 39 e 33 anos, respetivamente, por serem “suspeitos da prática dos crimes de ofensas à integridade física qualificada a agente de autoridade, injúrias, ameaças e desobediência”.

De acordo com uma nota do Comando Distrital da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Viseu, divulgado nesta segunda-feira, as detenções ocorreram depois do alerta para “uma desordem entre vários cidadãos”, entre os quais os dois suspeitos, que “foram advertidos” para irem para as suas casas, “uma vez que não apresentaram qualquer tipo de justificação para se encontrarem na via pública fora do horário permitido para permanência/circulação de pessoas na via pública, decretado pelo estado de emergência”.

Uma hora depois, “ambos os suspeitos permaneciam na via pública não apresentando novamente justificação, sendo alertados para a ilicitude da sua conduta”, mas “não acataram as ordens de recolher obrigatório em vigor pelo que foram detidos pelo crime de desobediência”, refere a PSP.

“No decorrer da detenção os suspeitos adotaram uma postura hostil com injurias, ameaças e agressões aos agentes policiais”, acrescenta a PSP, adiantando que “um polícia teve de receber tratamento hospitalar”.

Os detidos já foram notificados para comparecerem no Tribunal Judicial de Viseu.

/ CM