A circulação na Linha Azul do Metropolitano de Lisboa foi "restabelecida na totalidade" desde as 17:06 desta segunda-feira, após ter estado interrompida desde as 15:40 devido a doença súbita de um passageiro, disse à Lusa a empresa.

Fonte do Metropolitano de Lisboa adiantou que, após o incidente com um passageiro, a circulação foi retomada pelas 16:15 entre as estações de S. Sebastião e Reboleira, mas manteve-se interrompida entre S. Sebastião e Santa Apolónia até às 17:06.

A interrupção dos comboios na Linha Azul, que assegura a ligação entre as estações de Santa Apolónia e Reboleira, aconteceu pelas 15:40, devido a doença súbita de um passageiro no interior de um comboio na estação de S. Sebastião.

Pelas 17:06, a circulação foi "restabelecida na totalidade" na Linha Azul, informou fonte da empresa de transporte.

No 'site' do Metropolitano de Lisboa, aquando da interrupção na circulação, a empresa indicava que a Linha Azul estava a circular por troços, "devido a causa alheia ao Metro", acrescentando: "não é possível prever a duração da interrupção, que poderá ser prolongada".

A fonte da empresa não adiantou informação sobre a operação de socorro à situação de doença do passageiro.

/ AG-Atualizada às 18:18