Uma mãe e duas filhas menores foram salvas de um incêndio na habitação onde residiam, na Covilhã, por quatro agentes da PSP e um bombeiro fora de serviço.

De acordo com um comunicado enviado às redações, o alerta foi dado durante a madrugada, pelas 05h45.

Chegados ao local, verificaram a veracidade dos factos, sendo que na varanda de um quarto sito no primeiro andar da moradia se encontravam 3 pessoas refugiadas impedidas de saírem para a via pública", refere a nota.

 

Sem hesitar, os polícias conseguiram, pelo exterior, subir à varanda onde se encontravam as vítimas e colocá-las em segurança. Um bombeiro que se encontrava fora de serviço também apoiou os polícias nesta ação, trabalhando em equipa", adianta.

Os mesmos, com ajuda de uma mangueira de jardim, extinguiram parcialmente o foco de incêndio até chegada dos bombeiros.
 

Lara Ferin