"Eles estavam a brincar uns com os outros, a empurrarem-se, quando de repente uma rapariga se fartou da brincadeira e ameaçou outro rapaz com uma faca, mais parecida com um canivete, e acabou por atingi-lo no joelho", descreveu.




"Temos de perceber como é que uma criança leva uma faca para a escola. Isso é que é grave e não é normal", afirmou.