“A exclusividade concedida à Senhora Juiz cessou no final do dia 01/06/2015 e, até à presente data, a Senhora Juiz não procedeu ao depósito da sentença”, disse, no início de junho, à agência Lusa o presidente do Tribunal Judicial da Comarca de Santarém, João Guilherme Gato Pires da Silva.


Impossibilita também que a defesa dos arguidos possa recorrer da decisão enquanto esta não for disponibilizada por escrito às partes