A Policia Judiciária esteve esta sexta-feira na câmara municipal de Tondela.

Sabe a TVI que os inspetores foram pedir documentos relativos a concursos para contratação de pessoal, promoções e nomeações.

Para já ainda não há arguidos, a investigação está numa fase de recolha de indícios.

O visado é o autarca José António Jesus, nomeadamente pelas decisões que tomou no âmbito dos recursos humanos.

À TVI, a autarquia já reagiu e confirma a presença da PJ, mas desvaloriza por considerar que se trata de diligências com base em denúncias anónimas muito frequentes.

Esta não é a primeira vez que as decisões políticas de José António Jesus são alvo de investigação.

Em janeiro, uma investigação da TVI, mostrou que o presidente da câmara terá duplicado o próprio salário, recebendo mais do que o primeiro-ministro.

José António Jesus justificava esse aumento com despesas fictícias como ajudas de custo e quilómetros que ultrapassaram os milhares de euros.