Chama-se Trevor Pelling, mas ficou conhecido esta quinta-feira como o "pai herói". Tinha 45 anos e morreu ao tentar salvar as filhas do mar da praia da Calada, em Mafra.

Segundo noticiado pela imprensa britânica, Trevor era consultor financeiro em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, mas estaria a passar férias em Portugal com a família quando ocorreu o desastre.

Cerca das 14:00 desta segunda-feira, o homem atirou-se ao mar, numa tentativa de ajudar as duas filhas, com 9 e 12 anos, que se encontravam em dificuldades.

Quando as autoridades chegaram ao local, o "pai herói" já tinha sido retirado da água por dois surfistas, mas apesar das manobras de reanimação não foi possível reverter a situação, tendo o delegado de saúde declarado o óbito no local.

As duas meninas foram transportadas por uma ambulância dos Bombeiros Voluntários da Ericeira para o Hospital de Santa Maria (Lisboa), “em situação estável, acompanhadas pela mãe”, que recebe agora acompanhamento psicológico.

A notícia da morte de Trevor deixou a empresa e os colegas devastados: "Conhecêmo-lo com um colega incrível, generoso e talentoso", disse o CEO da deVere Group, ao jornal  The Mirror.

Também o conhecemos como um verdadeiro herói", disse ainda um dos colegas.

O corpo vítima foi transportado pelos Bombeiros Voluntários da Ericeira para o Instituto de Medicina Legal de Torres Vedras, acompanhado por elementos da Polícia Marítima e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Rafaela Laja