Um homem de 58 anos, e cego, foi feito refém e escravo dentro da própria casa ao longo de três anos, em Cascais.

Um casal, de 42 e 29 anos, ter-se-á ocupado ilegalmente da casa deste homem, obrigando-o a fazer tudo aquilo que eles pedissem. Caso contrário, era brutalmente agredido e ameaçado de morte.

Na última segunda-feira, conseguiu fugir de casa e teve de receber cuidados médicos no Hospital de Cascais devido a ferimentos graves. A assistente social ao deparar-se com aquele cenário, já não deixou o homem sair da unidade hospitalar.

A GNR começou a investigar o caso e apanhou os suspeitos esta manhã na freguesia de São Domingos de Rana. 

De acordo com a vizinhança, este homem chegou a ser ameaçado com arma branca e martelos.

O casal foi presente esta sexta-feira ao Tribunal de Cascais para a aplicação das medidas de coação e ambos ficam em prisão preventiva. 

Daniela Rodrigues / Notícia atualizada às 18:32