A rapidez de Alice para nascer não deu tempo nem da mãe chegar ao hospital, nem para os bombeiros chegar à saída de Azibo, no concelho de Macedo de Cavaleiros. A bebé acabaria por nascer, em plena auto-estrada, pelas mãos do próprio pai.

Gualter Castro, um dos bombeiros da tripulação da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Macedo de Cavaleiros que esteve presente na ocorrência, contou à TVI24 que quando chegaram ao local "o parto já tinha acontecido".

"O parto foi feito pelo pai e pela avó", conta, acrescentando que "não é muito normal serem chamados para um parto".

Como a bebé já tinha nascido, coube aos bombeiros, juntamente com a VMER do Heli 3 de Macedo de Cavaleiros, "verificar que estava tudo bem e fazer o transporte da mãe e da bebé para o hospital".

Quer a mãe, quer a criança "estão bem de saúde" e o corpo de Bombeiros Macedense já deu os parabéns à família e à tripulação no Facebook, onde partilhou imagens de Alice com a família.

"Bem-vinda Alice. Trazer um bebé ao mundo é uma tarefa de grande responsabilidade e dedicação e não é todos os dias que ocorrem destas felicidades, neste trabalho onde todos os dias convivemos com emoções e situações, onde tudo corre muito mal por vezes", pode ler-se na legenda das fotografias.

 
"Bem-vinda Alice!"