Portugal regista, nesta quarta-feira, mais 41 óbitos e 979 novos casos de covid-19, de acordo com o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O número de mortes e infeções subiu nas últimas 24 horas, com mais três mortos (8%) e 288 casos (41,7%) que na terça-feira.

No entanto, os internamentos continuam a baixar. Há menos 170 doentes em enfermarias, para um total de 1.827, o valor mais baixo desde 29 de outubro, e menos 31 nos cuidados intensivos, onde ainda se encontram 415 doentes, ainda assim um registo que não se verificava desde 15 de novembro.

Portugal tem, agora, 64.797 casos ativos de covid-19, menos 996 que na véspera. Também menos são as pessoas em contactos de vigilância com as autoridades de saúde, ou seja, 33.491, depois de eliminados 3.368 casos suspeitos.

Pelo segundo dia consecutivo, a Madeira registou 140 novos casos (14,3% dos casos diários), sendo, neste momento, a terceira região do país mais afetada pela doença. A primeira continua a ser Lisboa, com 60,9% dos óbitos do dia (25) e 43,5% das novas infeções (426), seguindo-se a região Norte, com 19,5% das mortes (mais 8) e 22,2% dos casos (217).

Há mais 1.934 doentes recuperados, totalizando 725.399. Há 31 dias que o número de recuperados supera o de novas infeções.

Desde o início da pandemia já morreram 16.430 doentes dos 806.626 infetados.

De acordo, ainda, com a DGS, já foram vacinadas 900.831 pessoas: 632.450 com a primeira dose e 268.381 com a segunda.

Boletim da DGS - 3 de março by TVI24

Catarina Machado