Para fazer face à pandemia de covid-19, os hospitais da Universidade de Coimbra ativaram o nível IV do Plano de contingência.

Ao que a TVI apurou, estão a ser colocados pavilhões junto aos serviços de urgência e estão a ser chamados médicos de outras especialidades para a linha da frente no combate à pandemia.

Tendo em conta a ativação do nível IV do Plano de Contingência para o doente estável e a necessária preparação da resposta face às necessidades atuais e as previstas a curto prazo, o Conselho de Administração delibera o seguinte: a enfermaria de Cirurgia E vai ser encerrada no dia 4, serão atribuídas nove camas de enfermaria de Dermatologia ao Serviço de Cirurgia Central, alteração da localização do Hospital de Dia de Pneumologia (…)”, lê-se numa nota a que a TVI teve acesso.

 

Mais: “os médicos internos de todas as especialidades médico-cirúrgicas deverão estar disponíveis para serem escalados para prestação de serviço na urgência respiratória e enfermaria COVID, rotativamente, por forma a garantir que a equipa esteja tão dedicada quanto possível”.

Pedro Carvalhas