Um homem de 49 anos ficou hoje ferido com gravidade em Abrantes, nas obras de construção do futuro Museu da cidade, após ter caído de um andaime a cerca de três metros de altura, disse fonte hospitalar.

Em declarações à Lusa, fonte do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) disse que o operário "está consciente e foi submetido a várias TAC" na unidade hospitalar de Abrantes, tendo, no entanto, referido que o homem "vai ter de ser transferido para o hospital de São José, em Lisboa, para intervenção maxilo-facial".

Segundo a fonte hospitalar, o operário "não corre perigo de vida".

O acidente de trabalho ocorreu pouco depois das 08:00 nas obras que decorrem no futuro Museu Ibérico de Arqueologia e Arte (MIAA), antigo Convento de São Domingos, em Abrantes, no distrito de Santarém.

O alerta foi dado para os bombeiros voluntários de Abrantes às 08:17 que, no local, prestaram apoios de primeira intervenção ao ferido grave, com lesões ao nível de um braço, da cara e do maxilar, tendo o mesmo sido transportado para o hospital de Abrantes.

No local do acidente estiveram os bombeiros voluntários de Abrantes, com duas viaturas e seis operacionais, a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Médio Tejo e a PSP.

Os trabalho na construção do MIAA continuaram a decorrer, após a retirada do sinistrado.