A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem por suspeitas de abusar sexualmente das filhas, de 13 e 21 anos, e de agredir e maltratar a mulher em Vila Nova de Famalicão, distrito de Braga, anunciou esta terça-feira esta força policial.

Em comunicado, a PJ referiu que o suspeito, detido fora de flagrante delito, está indiciado pelos crimes de abuso sexual de crianças, abuso sexual de menores dependentes, violação e violência doméstica.

As vítimas, mulher, de 39 anos, e filhas, e o agressor residiam todos juntos na habitação.

Segundo a PJ, os abusos sexuais com a filha mais velha, de 21 anos, começaram quando esta tinha 13 e continuaram com “regularidade” até hoje, ocorrendo na casa e noutros locais.

Já com a filha mais nova, de 13 anos, os abusos sexuais principiaram em meados do passado mês de junho, no interior da habitação.

Para a prática dos seus atos, o detido impôs no seio familiar um clima de medo e insegurança constantes, que passavam por infligir maus tratos físicos e psíquicos às vítimas, e pelo permanente controlo das suas movimentações e vivência em sociedade”, vincou a força policial.

Estes crimes chegaram na segunda-feira à tarde ao conhecimento da PJ que, posteriormente, iniciou as diligências, das quais resultou a “recolha de inúmeros indícios da prática dos crimes”, frisou.

O detido, de 44 anos, vai agora ser presente a um juiz de instrução criminal no Tribunal de Vila Nova de Famalicão.

/ AG