Foi detido, pela Polícia Judiciária (PJ), um homem de 55 anos anos por fortes suspeitas da prática de mais de 200 crimes de violação e um outro de abuso sexual de crianças, contra as quatro filhas menores. 

A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, procedeu à identificação e detenção de um homem, de 55 anos de idade, por fortes indícios da prática de mais de duzentos crimes de violação e um crime de abuso sexual de crianças, todos na sua forma agravada", lê-se no comunicado. 

Os factos foram praticados dentro da própria casa, que partilhava com as vítimas, na área metropolitana de Lisboa, desde 2007.

Os factos foram cometidos desde 2007 até ao presente ano, vitimando, sucessivamente e com elevada frequência, as quatro filhas menores do agressor".

A PJ esclarece ainda que o suspeito se aproveitava da ascendência e proximidade que tinha com as crianças para consumar as "graves condutas abusivas"

Com antecedentes criminais por falsificação de documentos, o detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais gravosa: prisão preventiva.

Cláudia Évora