A Polícia Judiciária anunciou esta terça-feira a detenção de um homem suspeito da prática agravada de vários crimes de abuso sexual de crianças e de pornografia de menores.

Em nota, a polícia refere que o suspeito tem 43 anos e é programador informático. Os crimes de pornografia de menores foram praticados em Lisboa, contra a própria filha e outra criança da família, quando ambas tinham 6 anos de idade.

De acordo com a investigação, entre setembro de 2018 e março de 2019, o suspeito, aproveitando períodos em que pernoitava com a sua filha, agora com 13 anos de idade, "praticou sobre a mesma vários crimes de abuso sexual de crianças". 

O suspeito foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Henrique Magalhães Claudino / HCL