A Polícia Judiciária dos Açores anunciou, esta terça-feira, a detenção de um homem, "por fortes indícios da prática reiterada do crime de abuso sexual de crianças, contra a própria filha". 

De acordo com comunicado emitido pela PJ, o homem, com antecedentes por violência doméstica, terá começado a abusar da filha quando esta tinha apenas seis anos. Os abusos duraram até a menina completar nove anos, entre 2010 e 2013. 

Os abusos ocorriam na ausência da mãe, na casa onde coabitavam, na ilha de São Miguel, nos Açores, e só cessaram quando o indivíduo fugiu para o estrangeiro. 

O detido, de 42 anos, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva. 

Manuela Micael