O tribunal de Vila Nova de Gaia condenou hoje a seis anos e meio de prisão homem de 72 anos por abusar sexualmente de duas das três netas, disse à agência Lusa uma fonte da Comarca.

Os crimes foram cometidos entre 2007 e 2017, tendo sido comunicados à GNR por uma por professora das meninas num centro de estudos, já que as mães das crianças saberiam o que se passava, mas nunca o denunciaram às autoridades.

Segundo o diário Correio da Manhã, o homem abusou das netas “mais de 850 vezes” e dava dinheiro às vítimas em troca do seu silêncio.

Uma das meninas terá sido abusada desde os oito anos de idade.