Um despiste seguido de atropelamento matou duas pessoas e fez um ferido ligeiro esta sexta-feira na localidade de Farejinhas, concelho de Castro Daire, confirmou a TVI junto do Comando Territorial de Viseu da GNR.

As vítimas mortais eram peões, que circulavam junto à estrada, e que foram colhidas depois do despiste do veículo, o único envolvido no acidente. O óbito foi declarado no local.

Entretanto, a reportagem da TVI no local apurou que as vítimas eram duas irmãs. As mulheres, de 58 e 62 anos, “eram residentes na aldeia” de Farejinhas e o condutor, de 45 anos e de residência ainda desconhecida, “sofreu ferimentos ligeiros e foi transportado para o Hospital de Viseu”.

Segundo Ana Rita Oliveira, adjunta do comando dos Bombeiros Voluntários de Castro Daire, tratou-se do “despiste de uma viatura ligeira, ainda com causas desconhecidas, seguido de um atropelamento” em que foram colhidas duas mulheres que seguiam na berma da Estrada Nacional 225.

O condutor, de 45 anos, foi transportado para o hospital de Viseu para receber cuidados e apoio psicológico, se necessário.

O alerta para o acidente foi dado às 15:36 horas.

Para o local foram mobilizados o helicóptero de Santa Comba Dão, duas viaturas da GNR, a viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Hospital de São Teotónio de Viseu, a ambulância de suporte imediato de vida (SIV) de São Pedro do Sul, três viaturas dos Bombeiros Voluntários de Farejinhas e quatro dos de Castro Daire, num total de 27 operacionais.