O despiste de um camião carregado de lenha, com uma vítima assistida no local, provocou esta tarde o corte do trânsito, que ainda se mantinha às 17:30, na Estrada Nacional (EN) 114, concelho de Montemor-o-Novo (Évora), revelaram as autoridades.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora explicou à agência Lusa que o alerta para o despiste da viatura pesada de mercadorias, ocorrido junto ao cruzamento para Santa Sofia, foi dado aos bombeiros “às 14:59”.

O veículo “transportava lenha e a carga ficou espalhada na EN114”, tendo o acidente provocado “uma vítima”, que foi apenas “assistida no local”, acrescentou a mesma fonte.

Contactada pela Lusa, por volta das 17:10, fonte do Comando Territorial de Évora da GNR revelou que, desde cerca das 15:00, que a circulação automóvel “está cortada nos dois sentidos” da via, na zona do despiste, ocorrido no sentido Évora-Montemor.

A estrada está cortada porque a viatura ficou tombada na estrada e porque, mesmo depois de ser retirada, vai ser preciso limpar o piso”, onde ficou derramado “combustível e óleo”.

O início dos trabalhos de remoção do veículo “já não deve demorar muito”, mas, ainda assim, como é preciso limpar a via e “restabelecer as condições de segurança para os automobilistas”, a fonte da GNR alertou que o trânsito, mesmo quando for retomado, ainda se deverá manter condicionado durante algum tempo.

Desde que o corte da EN114 foi implementado, os automobilistas estão a ser desviados, pelos militares da GNR, para “vias alternativas, devidamente sinalizadas”, acrescentou.

Para o local foram mobilizados 21 operacionais, apoiados por nove viaturas, incluindo bombeiros, GNR, Infraestruturas de Portugal e Instituto Nacional de Emergência Médica, com a viatura médica de emergência e reanimação sediada no Hospital de Évora.

/ SL