Um homem morreu na noite deste sábado na sequência da colisão entre um veículo ligeiro e uma mota da GNR junto ao Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão.

O acidente ocorreu na A22 e a vítima mortal é um militar da GNR de 45 anos, que seguia na mota.

Para o local foi mobilizado um helicóptero do INEM, tendo sido feitas manobras de reanimação no local.

Do acidente resultaram ainda outros dois feridos, que ocupavam o veículo ligeiro, sendo que um deles se encontra em estado grave.

O alerta foi dado às 19:45 e no local estiveram 18 operacionais apoiados por oito veículos.

Em nota enviada à redação da TVI24, o ministro da Administração Interna lamenta a morte do primeiro-sargento João Fernandes, do Destacamento de Trânsito de Faro.

Neste trágico momento, em meu nome pessoal e do Governo, endereço os meus mais sentidos pêsames à sua família, aos amigos e à Guarda Nacional Republicana, a quem aproveito para enaltecer o esforço permanente e o profissionalismo dos seus militares para garantir a segurança das populações", pode ler-se na nota assinada por Eduardo Cabrita.