Um homem morreu esta terça-feira de manhã num acidente de viação na Pampilhosa da Serra, tendo a viatura onde seguia ficado submersa na praia fluvial da vila, banhada pelo rio Unhais, cuja inauguração estava prevista para quarta-feira, às 22:00 horas, noticia a Lusa.

José Brito, presidente da autarquia, explicou à agência Lusa que a vítima, um homem com cerca de 70 anos, residente em Brejo de Baixo, se despistou com uma viatura ligeira dentro da vila, tendo a viatura embatido nas grades de protecção e acabado submersa dentro da nova praia fluvial.

Face ao acidente, a Câmara Municipal da Pampilhosa da Serra adiou a inauguração do equipamento de lazer, que teve custos na ordem dos 3,2 milhões de euros.

«Tratava-se de um homem que integrou durante vários anos a Junta de Freguesia de Janeiro de Baixo e ficámos sem espírito para festa, por isso resolvemos cancelar a inauguração», justificou José Brito.

O autarca disse ainda que foi necessário proceder ao esvaziamento da praia fluvial para limpeza, devido ao derrame de gasóleo e óleo, acrescentando que a «bacia» de água vai demorar dois dias a encher.

Sem data prevista para a inauguração, José Brito adiantou, no entanto, que no sábado já haverá «perfeitas condições» para o público usufruir daquele equipamento.

A praia fluvial da vila é uma obra «há muito desejada» e que vai «virar o rio para as pessoas», segundo o presidente da autarquia.

«É uma obra há muito desejada pelos pampilhosenses e pelos habitantes do concelho», disse José Brito, ao destacar que a praia vai tirar partido da «vantagem de ter um rio a passar dentro da vila».

A praia fluvial da Pampilhosa da Serra representou «um esforço muito grande para a autarquia» e o projecto vai ser apresentado ao PRODER (Programa de Desenvolvimento Rural), referiu ainda o edil à agência Lusa.
Redação