A Polícia Judiciária está a investigar um incêndio num automóvel ocorrido esta terça-feira em Grândola (Setúbal) do qual resultou ferimentos graves num homem, de 39 anos, disseram à agência Lusa fontes da GNR e da Proteção Civil.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal indicou que o ferido grave, ocupante do veículo, sofreu queimaduras, tendo sido transportado num helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) para o hospital de Coimbra.

Segundo a mesma fonte, o incêndio na viatura ocorreu na Avenida Jorge Nunes, em Grândola.

A fonte do CDOS adiantou que a Polícia Judiciária está a investigar as causas do incêndio, tendo sido “detetada uma garrafa de gás acetileno com fuga, dentro do veículo, depois do incêndio estar extinto”.

O incêndio atingiu “praticamente a totalidade da viatura”, de acordo com o CDOS.

O alerta foi dado às 16:27, segundo o CDOS, tendo sido deslocados para o local 27 elementos dos bombeiros, do INEM, da GNR e da PJ, apoiados por 11 veículos terrestres e um helicóptero.

A equipa da viatura médica de emergência e reanimação (VMER) foi transportada para o local  pela GNR, visto que a viatura tinha avariado a caminho de uma ocorrência.

/ BCE