Um homem morreu e outros seis ficaram feridos, dois deles em estado grave, devido ao despiste da carrinha em que seguiam, na manhã desta quarta-feira, na Estrada Nacional 121 (EN121), em Ferreira do Alentejo (Beja), revelaram as autoridades.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja indicou à agência Lusa que o alerta para o acidente, envolvendo “o despiste de uma viatura de nove lugares, com sete ocupantes”, foi dado aos bombeiros às 11:14.

Contactado pela Lusa, o comandante dos Bombeiros de Ferreira do Alentejo, António Gomes, explicou que tanto a vítima mortal como os outros seis ocupantes do veículo acidentado “são trabalhadores, de nacionalidades estrangeiras, numa herdade agrícola” local.

O corpo do homem que morreu foi transportado para os serviços de Medicina Legal do Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, e “os dois feridos graves e três dos quatro feridos ligeiros” foram para a mesma unidade hospitalar.

O outro ferido ligeiro foi assistido no local e recusou transporte para o hospital”, acrescentou.

Fonte do Comando Territorial de Beja da GNR confirmou à Lusa que a EN121, na zona do acidente, está totalmente cortada ao trânsito.

As operações de socorro mobilizaram 31 operacionais, apoiados por 14 viaturas e um helicóptero – que não chegou a transportar qualquer vítima -, incluindo meios dos bombeiros, GNR e Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

O trânsito na Estrada Nacional (EN) 121 no concelho de Ferreira do Alentejo foi restabelecido às 13:50, após quase duas horas cortado devido ao despiste de uma carrinha que provocou um morto e seis feridos, segundo a GNR.

As operações de socorro às vítimas do despiste obrigaram a cortar o trânsito às 12:11, nos dois sentidos e ao quilómetro 40,7 da EN121, perto da aldeia de Canhestros, concelho de Ferreira do Alentejo, distrito de Beja, precisou à agência Lusa fonte da GNR.

/ NM