As buscas pelas duas ocupantes de uma viatura que foi sexta-feira arrastada pela chuva intensa no concelho da Povoação, em São Miguel, foram retomadas esta manhã, pelo terceiro dia consecutivo.

Fonte do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores disse à agência Lusa que as buscas foram retomadas com 54 elementos, 14 viaturas e duas embarcações.

As buscas pelas duas mulheres, que decorrem desde sexta-feira, têm envolvido uma corveta da Marinha, as cinco corporações dos bombeiros de São Miguel, o serviço municipal de proteção civil da Povoação, a capitania do porto de Ponta Delgada, a Polícia Marítima, a Associação de Nadadores Salvadores da Costa Norte e a PSP, segundo a Proteção Civil dos Açores.

A chuva forte provocou na sexta-feira o arrastamento da viatura da Santa Casa da Misericórdia da Povoação, onde seguiam as duas funcionárias, que estariam a fazer apoio domiciliário e que continuam desaparecidas.

A viatura onde seguiam as duas mulheres foi localizada na sexta-feira no fundo de uma ribeira, presa e capotada junto à Povoação, mas não foram avistadas pessoas.

Aviso amarelo para as nove ilhas

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) estendeu hoje às nove ilhas dos Açores o aviso amarelo devido "a precipitação por vezes forte, podendo ser acompanhada de trovoada".

De acordo com o IPMA, além das ilhas do grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) e do grupo central (Terceira, Faial, Pico, São Jorge e Graciosa), também foi emitido aviso amarelo para as ilhas do grupo ocidental (Flores e Corvo).

Assim, as ilhas dos grupos oriental e central já estão sob aviso amarelo, que se estenderá até ao início da manhã de segunda.

Para as Flores e Corvo o aviso amarelo por causa da chuva por vezes forte vai vigorar entre as 00:00 e as 18:00 de segunda-feira.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, indica situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

/ CM