As buscas pelas duas mulheres desaparecidas na ilha de São Miguel continuam nesta segunda-feira, tendo um pescador da freguesia da Ribeira Quente encontrado alegados vestígios humanos no domingo, disse à Lusa a Proteção Civil.

Segundo a fonte do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), os eventuais vestígios humanos, encontrados após as buscas terem encerradas, no domingo, vão ser analisados para determinar a sua origem.

Na sexta-feira, a chuva forte provocou o arrastamento de uma viatura da Santa Casa da Misericórdia da Povoação, onde seguiam as duas funcionárias, que estariam a fazer apoio domiciliário e que continuam desaparecidas.

A viatura foi localizada logo nesse dia no fundo de uma ribeira, presa e capotada, junto à Povoação, mas não foram avistadas pessoas. A freguesia da Ribeira Quente situa-se também no concelho da Povoação.

As buscas pelas duas mulheres têm envolvido elementos do SRPCBA, as cinco corporações dos bombeiros de São Miguel, o Serviço Municipal de Proteção Civil da Povoação, a Capitania do Porto de Ponta Delgada, a Polícia Marítima, a Associação de Nadadores-Salvadores da Costa Norte e a PSP.

Hoje, as operações foram retomadas às 08:00 (09:00 em Lisboa), encerrando cerca das 17:00, tendo-se juntado às operações no terreno 16 militares do Comando Operacional dos Açores.

/ CM