As buscas pelas duas ocupantes de uma viatura que foi arrastada esta sexta-feira pela chuva intensa no concelho da Povoação, em São Miguel, foram suspensas e serão retomadas no sábado de manhã, se as condições meteorológicas permitirem.

TVI sabe que se trata de duas funcionárias da Santa Casa da Misericórdia daquela autarquia, que tiveram um acidente com o veículo. Em conversa telefónica com o presidente da Câmara Municipal da Povoação, foi possível perceber que os bombeiros confirmaram que os corpos não estão dentro da viatura.

A Marinha tem uma embarcação para buscas na foz da ribeira", referiu Pedro Melo, que adiantou que as buscas vão decorrer entre o local onde se encontra a viatura e a zona marítima.

Segundo o responsável, as vítimas têm 43 e 54 anos.

Se as condições meteorológicas assim permitirem, serão retomados os esforços no sábado, às 08:00 (hora local, 09:00 em Lisboa).

Em declarações aos jornalistas esta tarde, o presidente da Proteção Civil dos Açores, Eduardo Faria, adiantou que a Proteção Civil "teve conhecimento nesta manhã de que teria desaparecido uma viatura com duas pessoas que estariam a fazer apoio domiciliário e as buscas foram iniciadas imediatamente".

"Por volta das 12:25 locais [13:25 em Lisboa] foi avistada uma viatura no fundo de uma ribeira, presa e capotada junto à Povoação e não foram avistadas pessoas", explicou.

Ao início da tarde de hoje os bombeiros conseguiram chegar à viatura e "verificaram que não existiam pessoas dentro", referiu ainda.

Na operação estiveram envolvidos meios dos bombeiros e agentes da PSP e foi solicitada a colaboração da Marinha para fazer algumas ações de busca junto à foz da ribeira.

Caso seja necessário, a Proteção Civil poderá solicitar colaboração à Força Aérea, adiantou também o responsável.

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) registou um total de 30 ocorrências que, entretanto, "estão todas praticamente resolvidas", à exceção das "duas pessoas que se encontram desaparecidas".

Do total de ocorrências 16 foram registadas no concelho de Vila Franca do Campo, oito na Povoação, cinco em Ponta Delgada e uma no Nordeste, ilha de São Miguel e dizem respeito a obstruções de vias, inundações de via, inundações de habitações e ribeiras que transbordaram".

Em Vila Franca do Campo, "uma pessoa foi realojada em casa de familiares pelo facto de a sua habitação estar inundada devido à chuva".

As ilhas de São Miguel e Santa Maria (grupo oriental) estão sob aviso amarelo até às 12:00 de sábado.

Sob aviso amarelo vai estar também o grupo central (ilhas Terceira, Pico, São Jorge, Graciosa e Faial) entre as 21:00 de hoje e as 12:00 de sábado, também por causa das previsões de precipitação por vezes forte, podendo ser acompanhada de trovoada.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica, enquanto o aviso amarelo é emitido sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

/ AG-Atualizada às 21:10