A Polícia de Angra do Heroísmo, nos Açores, apreendeu na quarta-feira 1.184 foguetes que se encontravam armazenados ilegalmente numa empresa pirotécnica instalada na ilha Terceira, revelou hoje o Comando Regional da PSP, em comunicado.

De acordo com o mesmo documento, a operação, realizada pela Brigada de Fiscalização de Armas e Explosivos de Angra do Heroísmo, permitiu apreender mais de 34 quilos de artigos pirotécnicos "que não estavam autorizados a ser armazenados naquele estabelecimento", o que levou à elaboração do respetivo auto de notícia por "contraordenação".

"No decorrer da fiscalização foi detetado que os artigos, ora apreendidos, encontravam-se no interior de embalagens que não correspondiam à verdadeira tipologia do produto pirotécnico", adianta o mesmo comunicado.

Com este tipo de atividades, a Divisão Policial de Angra do Heroísmo pretende dar continuidade à estratégia de "controlo do manuseamento de produtos explosivos" (em pedreiras, obras públicas e pirotecnias), no sentido de evitar o "desvio" deste tipo de artigos, bem como a "violação das regras de segurança", que podem causar "acidentes graves".

A Divisão Policial da Horta, na ilha do Faial, realizou também na quarta-feira, uma operação de STOP, onde foram fiscalizadas 56 viaturas e submetidos a teste de alcoolemia 19 condutores, tendo sido detetadas cinco infrações contraordenacionais por estacionamento irregular e falta de documentos.

Já em Ponta Delgada, a Esquadra de Investigação Criminal deteve um homem, do sexo masculino, com 34 anos, por suspeita do tráfico de estupefacientes, tendo sido apreendidas 17 doses de haxixe e outros objetos que o auxiliavam naquela prática.