O mau tempo nos Açores obrigou, esta terça-feira, à interdição do acesso à Montanha do Pico e o encerramento da Casa da Montanha. Está também fechado o Monumento Natural da Caldeira Velha, em São Miguel.

Numa nota enviada às redações, a direção regional do Ambiente refere que, "devido às condições meteorológicas adversas, foi determinada a interdição do acesso à Montanha do Pico e o encerramento da Casa da Montanha".

Está prevista a sua reabertura na quarta-feira no horário habitual, entre as 08:00 e as 18:00.

O Parque Natural da ilha de São Miguel também determinou hoje o encerramento do Monumento Natural da Caldeira Velha, "devido ao risco de queda de árvores" e e este só deverá reabrir na quarta-feira.

A depressão Diana, que está a afetar os Açores, já provocou o cancelamento de ligações aéreas. Pelo menos 400 pessoas ficaram em terra.

Devido ao estado do mar, a autoridade marítima determinou também hoje o fecho a toda a navegação dos portos das Poças, em Santa Cruz das Flores, e nas Lajes do Pico.

O Governo Regional dos Açores determinou o encerramento das escolas, creches e jardins-de-infância nos grupos Central (Terceira, São Jorge, Graciosa, Faial e Pico) e Ocidental (Flores e Corvo).

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu aviso vermelho para as Flores e para o Corvo referente a agitação marítima, que vai vigorar até às 18:00 de hoje.

Até ao momento, a rajada máxima registada foi de 138 quilómetros por hora, na ilha das Flores, às 05:30 locais.

O aviso vermelho é o mais elevado dos avisos meteorológicos e representa uma situação meteorológica de risco extremo.