A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quarta-feira ter detido seis pescadores nos Açores pela presumível autoria do crime de tráfico de droga que encontraram no mar.

Em comunicado, o Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada da PJ informa que, após comunicação da PSP, iniciou uma investigação que culminou na detenção, em flagrante delito, de seis homens, com idades entre os 27 e 39 anos.

As detenções ocorreram “em momentos diferenciados, nos concelhos de Ponta Delgada e Ribeira Grande”, na ilha de São Miguel, no âmbito “de uma ação alargada desenvolvida para o efeito”, tendo sido apreendida cocaína suficiente para cerca de 1.200 doses individuais, adianta a PJ.

A cocaína apreendida era o remanescente de uma quantidade maior que foi encontrada no mar e recolhida por pescadores, que dela se apropriaram”, refere o comunicado.

Fonte da PJ esclareceu que os arguidos “encontraram um pacote de cocaína que dividiram”, situação que chegou ao conhecimento desta força de segurança.

A polícia conseguiu “recuperar, ainda, uma parte dessa mesma droga”.

Aproveitaram-se da situação de encontrar a droga em ambiente marítimo para procederem ao consumo e venda. Foi uma situação fortuita”, explicou a fonte, referindo que os homens aguardam o desenrolar do inquérito em liberdade, mas alguns condicionados a apresentações periódicas em posto policial.