Um sismo de magnitude 2,5 na escala de Richter foi, esta segunda-feira, sentido na ilha açoriana do Pico, na região de São Mateus, sem causar danos, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O sismo de 2,5 na escala de Richter foi registado nas estações da Rede Sísmica do Arquipélago dos Açores e teve epicentro a cerca de 4 quilómetros a Norte-Nordeste de São Caetano, na ilha do Pico, grupo central dos Açores, segundo o IPMA.

Este sismo, de acordo com a informação disponível até ao momento, não causou danos pessoais ou materiais e foi sentido com intensidade máxima III (escala de Mercalli modificada) na região de São Mateus, ilha do Pico.

Segundo o IPMA, os sismos são classificados segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequeno (2,0-2,9), pequeno (3,0-3,9), ligeiro (4,0-4,9), moderado (5,0-5,9), forte (6,0-6,9), grande (7,0-7,9), importante (8,0-8,9), excecional (9,0-9,9) e extremo (superior a 10).

O nível III da escala de Mercalli, significa uma intensidade fraca.

É sentido dentro de casa. Os objetos pendentes baloiçam. A vibração é semelhante à provocada pela passagem de veículos pesados. É possível estimar a duração mas não pode ser reconhecido com um sismo”, de acordo com a definição do IPMA para esta escala de XII níveis.