morte de um jovem

“Não é apenas uma questão de natureza financeira e de recursos. No país, o Norte e o Centro funcionam sem problemas. Trata-se claramente de um problema de organização dos meios”, disse aos jornalistas Adalberto Campos Fernandes, no decorrer de uma visita ao Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa.









“A situação tem dois anos e tem a ver com a possibilidade de ter equipas completas de prontidão de fim de semana para responder ao número de casos”, afirmou.










as demissões





"Temos consciência de que nos últimos anos o país foi sujeito a constrangimentos financeiros em áreas que deveriam ter sido poupadas", acrescentou o ministro, lembrando que esta situação tem mais de dois anos.