O ministro da Administração Interna anunciou esta quarta-feira no parlamento que a criminalidade registou em 2020 os níveis mais baixos em Portugal desde que há registo, tendo apenas subido os crimes informáticos.

Em 2020 registou-se “uma redução de cerca de 12% na criminalidade geral e uma redução em 14% na criminalidade violenta e grave”, disse Eduardo Cabrita aos deputados da comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, frisando que estes números são os mais baixos desde que existem os relatórios Anuais de segurança interna.

O governante sublinhou que a única exceção são os crimes informáticos, como as burlas, que sofreram no ano passado um “crescimento significativo”.

Eduardo Cabrita deu também conta de que o crime de violência doméstica diminuiu seis por cento em 2020 em relação a 2019,tendo registado “uma significativa redução” durante o confinamento devido à pandemia.

No parlamento, o ministro da Administração Interna destacou também a diminuição dos números da sinistralidade rodoviária em 2020, ano em que os acidentes com vítimas reduziram 26% e o número de mortos diminuiu 22% face ao ano anterior.

/ MJC