Centenas de crianças foram adotadas por militares norte-americanos estacionados na Base das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, durante as últimas décadas.

Em cerca de 100 desses casos, houve um processo de adoção legal, mesmo que incompleto, mas na grande maioria a entrega das crianças foi feita de forma informal.

Alguns pais e intermediários receberam dinheiro ou bens.

Atualmente, alguns desses adotados estão a reencontrar as famílias biológicas,

“Passagem para a América” é uma reportagem de Rolando Santos, com imagem de Pedro Soares e Edição de Imagem de Miguel Freitas.