Quatro aviões divergiram, esta segunda-feira, para outros aeroportos devido as más condições atmosféricas, nomeadamente vento, chuva e fraca visibilidade, em Santa Cruz, na Madeira.

Dois aviões da easyJet (de Lisboa e de Gatwik, Londres) retornaram aos aeroportos de proveniência e um da Transavia (de Amesterdão para Porto Santo) e outro da TAP (de Lisboa para Porto Santo) não puderam aterrar no aeroporto da Madeira devido aos ventos fortes (com rajadas de 70 quilómetros horários), chuva e fraca visibilidade e divergiram para outros aeroportos.

Devido a estas condições atmosféricas, o voo da easyJet de Bristol foi cancelado, adiantou fonte aeroportuária.

A estação de meteorologia no aeroporto da Madeira adiantou, no entanto, à agência Lusa que as condições atmosféricas melhoraram: «As condições são boas agora (12:00 horas), está boa visibilidade e o vento está mais fraco, soprando a 22 quilómetros/hora».

Fonte do aeroporto reiterou que as condições meteorológicas melhoraram, pelo que se prevê a normalização dos voos.
Redação / CM