Um homem foi detido no aeroporto de Lisboa por tráfico de cocaína, droga que estava dissimulada em roupa de cama e que dava para fazer cerca de 45.000 doses individuais, indicou hoje a PJ.

Em comunicado, a Polícia Judiciária adianta que a detenção, feita pela Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, ocorreu no quadro do controlo que regularmente é feito sobre os movimentos de passageiros com origem em países considerados de risco, tendo em vista a prevenção da introdução de droga no país e outros países europeus através dos aeroportos internacionais.

Segundo a PJ, o detido tinha na sua posse elevada quantidade de cocaína que transportava a partir de um país da América do Sul para Lisboa na respetiva bagagem.

A PJ refere que a cocaína foi apreendida e caso chegasse aos circuitos ilícitos de distribuição seria suficiente para a composição de pelo menos 45.000 mil doses individuais.

O arguido, de 33 anos de idade, ficou em prisão preventiva após ter sido ouvido em primeiro interrogatório judicial.

A PJ avança ainda que a investigação vai continuar.