O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Segurança Aeroportuária, identificou um homem de 50 anos que se apropriou de uma mala de viagem que não lhe pertencia. A mala e os quatro fatos estavam avaliados em 25 mil euros.

De acordo com o comunicado da polícia, o caso ocorreu no passado domingo, dia 18.

Os Polícias receberam uma denúncia cujo relato afirmava a apropriação de uma mala de viagem, sem que o ora suspeito tivesse procedido à sua entrega voluntária. A vítima, por esquecimento, terá deixado a sua mala dentro da viatura de aluguer e transporte de passageiros, após uma viagem que iniciou no Aeroporto Humberto Delgado."

Pelas diligências da PSP, conseguiu-se chegar à identificação do suspeito da prática do "crime de apropriação ilegítima de coisa achada", e assim que contactado, por esta polícia fez a entrega da referida mala no aeroporto.

"Os bens apreendidos, avaliados em cerca de 25000.00 euros foram entregues ao seu legítimo proprietário", explica a PSP.

Maria João Caetano