Duas cidadãs estrangeiras, provenientes de São Paulo (Brasil), foram detidas nos últimos dois dias pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) no aeroporto de Lisboa, por transportaram cocaína no interior dos seus organismos, anunciou hoje o SEF.

No total, foram apreendidos pelas autoridades portuguesas mais de 1,6 quilogramas de cocaína.

Segundo o SEF, uma passageira intercetada no domingo levantou suspeitas quando não soube explicar os objetivos da sua viagem a Portugal, acabando por confessar que transportava no seu corpo cerca de 500 gramas de cocaína.

Após revista pessoal, parte da droga foi retirada, tendo a mesma sido entregue à Polícia Judiciária (PJ) para os ulteriores trâmites processuais.

Durante a manhã de hoje foi detetada uma outra situação de tráfico de cocaína, em que a droga vinha no interior do organismo da passageira.

Na entrevista efetuada pelos inspetores do SEF, a cidadã estrangeira acabou por expelir as primeiras 17 cápsulas de cocaína, informando que transportava um total 1,195 quilos daquela droga que, posteriormente, foi entregue à PJ.