Um homem morreu afogado e outro ficou em estado grave, este domingo, na Praia do Castelejo, no concelho de Vila do Bispo, no distrito de Faro.

Fonte do Comando Distrital da Proteção Civil (CDOS) de Faro confirmou à TVI24 que o alerta foi dado às 13:44 e que as vítimas são turistas de nacionalidade alemã.

Um dos homens foi retirado da água sem vida. A outra vítima foi transportada pelo INEM para o Hospital de Portimão e encontra-se em estado grave.

Já os Bombeiros Voluntários de Vila do Bispo acrescentam, que, no total, "seis vítimas foram retiradas da água", depois de terem sido arrastadas por um agueiro, segundo a Marinha. 

No terreno estiveram 16 operacionais, uma embarcação, um meio aéreo e cinco veículos terrestres.

Em declarações à agência Lusa, o Capitão do Porto de Lagos, Conceição Duarte, especificou que a vítima mortal é um homem com cerca de 30 anos, de nacionalidade alemã, que foi retirado inconsciente da água por um dos militares que integram o programa Praia Segura, tripulante da viatura Amarok, do projeto "SeaWatch".

O Capitão do Porto de Lagos acrescentou que a praia do Castelejo não tem vigilância este ano, ao contrário do ano passado, em que tinha nadador-salvador.

João Guerreiro Rodrigues / Com Lusa