Um veleiro de 15 metros, de bandeira inglesa, afundou-se hoje junto ao molhe da marina de Leça da Palmeira, com os dois tripulantes, de nacionalidade russa e alemã, a conseguirem salvar-se, disse à Lusa fonte oficial.

O acidente ocorreu cerca das 13:30, no momento em que o veleiro que viajava de “Lisboa rumo ao Porto de Leixões se preparava para fundear e acabou por embater no molhe exterior da marina”, acrescentou Cruz Martins, comandante da Capitania dos Portos do Douro e Leixões.

Desse embate “resultaram danos na popa do veleiro” que após “meter água se afundou junto ao molhe”, facto que permitiu aos dois tripulantes “saírem ilesos”.

Segundo Cruz Martins, o local onde se afundou o veleiro “não condiciona a circulação nem no porto nem na Marina de Leixões”.

As peças soltas do veleiro que ficaram a flutuar foram recolhidas com o auxílio da autoridade portuária e em princípio amanhã [sexta-feira] irá proceder-se à retirada do veleiro do local”, acrescentou Cruz Martins.

Os tripulantes “foram interrogados no âmbito do processo de averiguações que foi instaurado”, decorrendo já “o inquérito para se apurar a causa do acidente”, acrescentou.